O que te irrita?

Ficar tempo demais no trabalho faz qualquer um alcançar stress máximo no fim do dia. Em semanas em que se está na contagem regressiva para férias atrasadas então, é TPM permanente, tolerância zero e o melhor é ficar quieta pra não contaminar os poucos amigos que ainda preservam o bom humor.

Mas aí minha amiga Verônica, que estava procurando histórias e personagens para uma matéria sobre o que irritam as mulheres, mandou um email delicioso para as amigas responderem a pergunta: o que te irrita? Não é um sonho receber um email desse em pleno surto pra desabafar e botar os demônios pra fora?

Andei tão estressada e corrida que nem este email maravilhoso eu consegui responder a tempo. Mas agora sim, seguem minhas respostas:

Na academia

Academia, por si só, irrita. Odeio andar e pedalar pelo mesmo cenário espelhado, com a trilha sonora da Joven Pan, da MIx ou do CD de puts-puts do professor e acompanhada de pessoas que piram em seus próprios tanquinhos ou músculos. Odeio aulas de boxe que misturam golpes com passos aeróbicos ou aulas de dança do ventre ao som de Shakira remixada, com (claro!) passos aeróbicos misturados com o véu. Odeio professores animados, odeio as pessoas que vão, odeio, o cenário, odeio as roupas, odeio, odeio, odeio.

No trabalho

A obrigação de cumprimentar as pessoas todas as vezes que cruzamos com elas no elevador ou no corredor. Para ir ao banheiro, sempre encontro as mesmas pessoas pelo caminho e dá-lhe criatividade para dar aquele “oi” quatro vezes de maneiras diferentes. A primeira, ok, é um “oi, tudo bem?”, a segunda já vira um “e, aí? (do tipo: “opa, de novo hein?”), a terceira um sorriso acho que já resolve e a quarta se resume àquela levantada de sombrancelha básica. Se encontrar uma quinta vez, nem sorrir eu sorrio, já me esgotei, já não sei que horas eu devo sair, já cansei de ver as mesmas pessoas, chega!!!

Na balada

Versão light da irritação de academia, porque a balada em si já é complicado. Dificuldade para transitar, fila do banheiro sempre longa, banheiro sempre nojento, “ufa, consegui um espaço no espelho, boa, vou voltar pra pista”. Dependendo do lugar, você mulher tem que se contorcer e ser rápida no gatilho para tirar uma mão da sua cintura enquanto passa (por quê tentar falar com uma mulher enquanto ela anda pelo local? procurem as que estão paradas, por deus!), bar lotado, empurrões e pisadas de salto fino no seu pé… difícil!

Na loja

Lojas ficam entre Academia e Balada no quesito irritação. Academia eu já desisti e balada é questão de achar uma que não tenha tanto homem subindo pelas paredes e um dia que não esteja tão lotada. Agora fazer compras é um mal necessário, e às vezes tão “mal” que foda-se se é necessário: eu fujo. É uma alegria só voltar para casa com sacolas e roupas novas, eu sei, mas essa sensação dura tão pouco que, pra mim, a peregrinação atrás de bons preços, produtos diferenciados, parcelamento e o malabarismo para fugir de vendedoras insuportáveis nem sempre compensa. Tento fazer compras de uma só vez, pego um dia para sofrer tudo e acabou. Mas o que mais me irrita sou eu mesma, que estou longe de ser uma pessoa paciente e decidida. Aí complica.

+++

Você que chegou até o final, foi mal aí o texto azedo e pessoal demais, mas eis a recompensa: indico um blog profissional dedicado ao assunto, que lista 1001 coisas que irritam quase que diariamente. Seguem os meus itens preferidos:

Praça de alimentação de shopping por todo o sempre

Pedestre que atravessa devagar no sinal amarelo

Calçadas lotadas – pessoas deviam ter setas, pisca-alerta e retrovisor para andarem por aí

Alarme de moto que dispara: “atenção, este veículo está sendo roubado”, mas na verdade ela não está – é o terceiro item relacionado ao trânsito, geraria um site exclusivo para a categoria

Armário com portas abertas – é toc, eu sei, mas elas estão ali para serem fechadas, senão não seria armário, seria estante!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Prosas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s